iPad e Autismo

Publicado em 3 de setembro de 2014

Dois aspectos estão frequentemente associados ao Autismo: prejuízo na comunicação e fascínio por maquininhas.
Eis que surge uma maquininha que parece poder fazer a diferença no desenvolvimento de crianças do espectro autista: o iPad.

Sim, a maquininha em si parece ter certa facilidade em atrair a atenção de crianças do espectro. Além disso, a tecnologia “touch screen” facilita o manuseio por crianças pequenas, o que antes não era conseguido pelo velho mouse.
No entanto, mais que a maquininha, os aplicativos que têm surgido são sem duvida a grande promessa para os programas de intervenção dirigidos às crianças do espectro.

O site Gadgets DNA publicou em 2010 os 10 melhores aplicativos de iPad para Autismo:

  • Proloquo2Go, um poderoso programa de comunicação alternativa para pessoas
  • com dificuldade de fala;
  • Grace, um programa que permite a construção de frases por meio de figuras;
  • iCommunicate, um programa com muitos recursos para personalizar quadros
  • de rotina, figuras para comunicação, etc;
  • First Then Visual Schedule, um programa para confecção de quadros de rotinas
  • visuais;
  • iConverse, um aplicativo que pode servir de base para o PECS;
  • AutismExpress, um aplicativo para facilitar o reconhecimento e a expressão de
  • emoções;
  • Stories2Learn, um programa que permite a construção de historias para o
  • treino de habilidades sociais;
  • MyTalkMobile, aplicativo que facilita a comunicação;
  • TapToTalk, um programa com jeito de game para melhorar a comunicação;
  • iComm, aplicativo que facilita o desenvolvimento da capacidade de comunicação
  • verbal e escrita.

Fonte

faça uma doação