Aplicativo para crianças com Autismo Expressions for Autism

Publicado em 6 de junho de 2015

Aplicativo para crianças com Autismo ajuda a aprender expressões faciais e sentimentos: Expressions for Autism

expre

Fonte: REAB – Aplicativos em Reabilitação

Recebemos (da nossa colega Gabriela Guedes – TO) uma dica que não poderíamos deixar de compartilhar com vocês, o aplicativo Expressions for Autismo do desenvolvedor Edninja. Disponível em formato Freemium (você baixa gratuito e, se quiser, faz compras dentro do app para ter acesso completo) possui versões em Inglês e Espanhol.

O objetivo do app é contribuir no reconhecimento das expressões faciais que representam emoções e sentimentos. Ao jogador é apresentada uma imagem que representa uma cena cotidiana (fotografia da criança com a mãe felizes, uma criança em uma festa de aniversário, etc), e em seguida, a criança é convidada a montar uma face com o mesmo sentimento da cena, neste caso do exemplos, feliz. A face é montada escolhendo as partes do rosto, ou seja, a sobrancelha, os olhos e a boca. Quando você usar o app ela primeira vez perceberá que a expressão deve ser “copiada”, uma vez que aparece para o jogador. Ah, mas quando falamos copiada estamos falando da expressão mesmo, não importa se a criança que aparece na cena anterior é um menino ou uma menina.

O aplicativo trabalha com definição de tempo, mas que é personalizável, ou seja, não precisa ter pressa nem gera um momento de ansiedade durante o uso. É permitida a criação de vários perfis (provavelmente só na versão paga, ok?) e a graduação da dificuldade, como dissemos anteriormente.

A versão gratuita vem com 4 estágios, feliz, triste, com raiva e assustado. Cada um deles pode ser trabalhado em dois graus de dificuldade: aprendiz e mestre. Os idiomas presentes no app são inglês e espanhol (tinha que ter uma coisinha chata, né?), mas que não prejudicam a utilidade do app, mas claro reforçam o cuidado que precisamos ter na hora de usar.

Este aplicativo foi desenvolvido pensado nas sessões de terapia,  mas isso não impede o uso pelos pais e familiares. O importante é conversar antes com o terapeuta da criança e pedir orientações sobre a melhor forma de usar. Afinal, não adianta ter em mãos um excelente recurso não sabendo como aproveitá-lo.

Teste esse app, temos certeza que você vai gostar!

faça uma doação