set/2015

18

Belém – Primeiro Congresso Estadual de Autismo

Belém – Primeiro Congresso Estadual de Autismo

dscn7456

Congresso vai debater causas do autisto (Foto: Isabela Ribeiro / G1)

Belém vai sediar, a partir da próxima quinta-feira (17), o I Congresso Estadual do Autismo. O objetivo do encontro é debater desde o tratamento do Transtorno do Espectro Autista (TEA) com uso de canabidiol até a sexualidade do autista. A programação é realizada pela Casa do Autista e segue até o próximo sábado (19).

De acordo com o presidente do espaço, Gatti Júnior, todo o recurso arrecadado com a realização do congresso será revertido no atendimento das crianças atendidas pela Casa. “O nosso trabalho é para que as pessoas com TEA tenham acesso a um tratamento terapêutico multiprofissional de qualidade, especializado e especifico. Por isso estamos trabalhando para fazer o melhor neste Congresso e contamos com a participação de todos”, destacou.

O tema do evento, que deve reunir mais de 500 pessoas, é “Um mundo além do Universo Particular”. Palestras, mesas redondas, minicursos, oficinas e apresentações de trabalhos acadêmicos serão realizados durante os três dias de encontro, voltado para profissionais, estudantes, pais, cuidadores, facilitadores e demais interessados.

Programação
A conferência de abertura do congresso será ministrada pela dra. Romariz Barros sobre “O papel da Universidade na definição de políticas públicas de atenção ao Autismo”. Também será ministrada pelo psicólogo Paulo Brito no primeiro dia do evento a palestra “Sexualidade do Autista”.

No segundo dia a Dra. Clara Azevedo abordará “O tratamento do Autista com o Carnabidiol”, que é o que tem de mais atual no combate aos comportamentos típicos do transtorno. Já o Dr. Luiz Carlos Santana ministrará a palestra “A genética molecular como ferramenta para auxiliar na etiologia do transtorno do espectro Autista”.

No terceiro e último dia de congresso, os destaques ficam por conta da palestra “Direito dos Autistas – Lei Federal 12.764/12”, ministrada pela professora Ana Boadana e da audiência pública “Políticas Públicas para Autistas”. Nos três dias de Congresso, os participantes contarão ainda com mini cursos, rodas de conversa e oficinas sobre várias temáticas relacionadas ao autismo, além da apresentação de trabalhos e artigos acadêmicos e apresentações culturais.

Fonte: http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2015/09/belem-sedia-primeiro-congresso-estadual-de-autismo.html

Clique para aumentar

Desculpe nenhum evento encontrado.

faça uma doação